Programa de pontos ou preço mais baixo? Descubra onde é realmente vantajoso na hora de abastecer.

Olá, pessoal!

Depois de 1 ano e 2 meses de planejamento financeiro, adicionando cada gasto, cada entrada na planilha financeira que eu mesmo criei para controlar os gastos do cartão, posso dizer que obtive algumas conquistas até o momento. Consegui juntar 12600 pontos Tudo Azul, pode parecer pouco, mas é o suficiente para que eu voe daqui um  mês de Guarulhos para Florianópolis, de lá para Porto Alegre e depois voltar a Guarulhos e ainda sobrar uns mil pontinhos. Além disso, tive um desconto na fatura de mais de 250 reais.

Para que vocês entendam como esse ganho aconteceu, meu cartão de crédito é o cartão Petrobras, sem taxa de adesão e sem anuidade. Todos os pontos Tudo Azul vieram através da troca de pontos do Programa Premmia de Abastecimento em Postos BR e o desconto na fatura com base nos gastos do cartão. Devo atribuir minha maior fonte de ganho ao consumo de combustível, isso não significa que os pontos da fatura não são interessantes, mas frente ao meu custo de vida atual eles vão se acumulando bem devagar.

Dito isso, é provável que você esteja pensando que eu sempre abasteço em postos BR porque é mais vantajoso já que eu ganho pontos?

Não é assim que as coisas funcionam, pessoal. Esses programas existem para atrair mais clientes, antes de tudo, você deve por na ponta do lápis e ver se não vai trocar gato por lebre.

Pontos, descontos e “vantagens” nem sempre são sinônimos de economia!

O que pode dizer se, de fato, estou economizando é o meu gasto real, ou seja, minha despesa com combustível menos o ganho proveniente de algum benefício, seja lá o que for.

No caso de abastecer, eu tenho duas opções: abastecer em um posto convencional, no qual o combustível vale  A reais/L ou em um posto Petrobras, com B reais/L.

Meus benefícios no posto BR são:

  • 4 pts premmia / 1 real  quando abasteço no meu posto BR favorito
  • 2 pts premmia / 1 real quanto abasteço em qualquer outro posto que não o favorito
  • 0.025 reais ganhos / 1 pt  proveniente da troca de pontos do cartão ( não os pts premmia) por descontos na fatura

Além disso, os pontos premmia são trocador por pontos Tudo Azul da seguinte maneira:

  • 2 pts Premmia/ 1 pt Tudo Azul

Agora, preciso relacionar meus pontos à um valor, em moeda.

Na maioria das vezes, propositalmente, relacionar esse benefício ao dinheiro não é algo tão direto assim.

Essa parte é a mais imprecisa, pois, no caso das passagens aéreas, a relação entre os pontos e o preço da passagem varia de destino pra destino e de uma data para outra. Eu procuro ver essa relação como se fosse comprar uma passagem daqui a 1 mês de uma rota que eu geralmente utilizo ( ou se você tem alguma viagem em mente, para o seu destino desejado). Compare o valor da passagem em dinheiro e o valor da mesma em pontos durante um determinado tempo e faça uma estimativa. A minha estimativa foi de 4000 pts tudo azul = aprox. 250 reais.

Precisamos saber qual o ganho com os benefícios por cada real gastado. Sendo o Ganho 1 o benefício obtido pelos pts Tudo Azul e o Ganho 2 o benefício proveniente do desconto na fatura do cartão, no ato da troca pontos do cartão, temos:

Screen Shot 2017-10-02 at 9.16.38 PM

Logo o nosso gasto real no posto Br ao abastecer é o nosso gasto com o combustível menos os ganhos dos benefícios, enquanto no posto convencional o nosso gasto é igual ao gasto com combustível apenas:

Screen Shot 2017-10-02 at 9.26.20 PM

Por fim, queremos verificar quando o gasto real no posto BR é menor que o gasto em um posto convencional.

Escrevemos a inequação:

Gasto real BR < Gasto real posto convencional

Substituindo as equações acima do gasto real BR e do gasto real do posto convencional, substituindo também os ganhos 1 e 2 pelos seus valores obtidos e cancelando N litros, temos que:

Screen Shot 2017-10-02 at 9.37.20 PM

Logo, obtemos que é só é mais vantajoso abastecer no posto BR quando o preço por litro do combustível (B) lá for até aproximadamente 15% maior que valor do combustível (A) no posto convencional. Por exemplo, se no posto convencional mais barato que você encontrou o combustível custar R$ 3.30/L, é mais vantajoso abastecer no posto BR se neste o valor do combustível for de no máximo 1.1533 x 3.30 = R$ 3.80

Ainda, esse cálculo foi feito considerando o posto BR favorito, que dá o dobro de postos, podemos realizar a mesma análise para um posto BR que não o favorito e com certeza obteremos uma porcentagem menor.

Bom, pessoal, espero que tenham compreendido, mas a idéia aqui é mostrar que não é sempre que pontos, vantagens ou descontos significam economia no seu bolso. Procure mensurá-los em valor monetário para, pelo menos, ter uma estimativa do quanto eles realmente podem te beneficiar. Com relação a abastecimento, na dúvida, opte pelo lugar mais barato. No meu caso, eu utilizo a rede de postos Petrobras apenas na cidade onde eu estudo porque lá o preço da gasolina não varia tanto entre postos e lá também está meu posto BR favorito. Então, fiquem atentos e mensurem suas economias!

 

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s